segunda-feira, dezembro 10

Sinceridade

Hoje foi um dia que precisei ser sincera para seguir em frente.

Depois de uma sessão de teatro, sentei com uma amiga para conversar tudo que tenho passado.
E falei que estou ficando sem saídas, que talvez a redução de estomago seja minha solução.

Vi uma pessoa boquiaberta. Ela não tinha noção de como excesso de peso me tira a felicidade. Alias ela me disse que me considerava uma pessoa bem resolvida. 
Ali percebi o quanto me fecho pras pessoas. O quanto guardo para mim.
A Cátia - linda- que tá lá em Portugal, sabe mais da minha vida do que as pessoas que moram na mesma casa que eu.

O fato é: tenho andado triste. Cansada da vida. Exausta de tudo. Uma pessoa que sai para trabalhar, volta para casa, toma banho e deita na cama. Cansada de pensar.

Depois do dia que ouvi que deveria parar de comer pão, fiquei mais triste ainda.Arrasada. Me isolei ainda mais. Me  esquivei de convites de amigos para sair. É cansativo demais fingir estar bem...
Resultado?
Herpes Zóster. 
Uma semana cheia de medos. Uma dor aguda. Febre. Medo de ter uma complicação. Isolada para não infectar outras pessoas(o q  deprime ainda mais).
Dois médicos me disseram a mesma coisa quando perguntei o que pq isso ocorreu comigo:  
Atacam em pessoas imunodeprimidas.

Hoje, refiz minha fala inicial na minha cabeça algumas vezes. E, uma hora botei para fora.
Pq, para seguir em frente, preciso abandonar o que tem me feito mal...





6 comentários:

Nanda Silva disse...

Florzinha, muitas vezes me sinto assim, penso também esta ser minha única saída....tenho deixado de viver por conta do peso, das humilhações, e já não sei mais o que faço para emagrecer...tenho acessos de raiva, melancolia, e direto tenho doenças referentes a imunidade...mas tudo vai passar e vamos achar uma saída. Bjos se cuide.

Ju disse...

Não sei exatamente o que te dizer. Sei exatamente o que você está sentindo, sei como é se sentir exausta de pensar sempre nisso, de tentar sempre uma forma nova de conseguir resultados, sei como é viver infeliz e ter que disfarçar isso todos os dias. Também já pensei em operar, mas sempre desisto depois.

Então, por mais que eu saiba como você está se sentindo, não acho certo opinar porque cada um sabe onde o calo aperta mais, né?!

Mas só espero, de verdade, que você melhore. Que a esperança tome conta do seu coração e você recomece uma dieta firme, ou que crie coragem e faça a redução. Enfim, o que você decidir... torço para que seja uma decisão acertada!

Melhoras e FORÇA!
Beijinhos

Cátia disse...

Minha linda!
Como eu te compreendo... E como desejo que tudo isso fique para trás e não passe de recordações. Sabemos que só depende de ti, mas também sabemos a importância do que nos rodeia, por isso volto a dizer-te: conta comigo!!! Estarei aqui para te empurrar para a frente! Tu vais conseguir.
Às vezes não adianta nada até se fazer um click na nossa cabeça, e eu acredito que se acabou de fazer click na tua. :)
Beijos!

Suzana ... Feliz recomeço ! disse...

Amiga,

Falar é o melhor, chorar tbém ... ser sincera melhor ainda !

Seja sempre sincera com você principalmente.

Seja feliz !

Tenha uma linda semana

Bjs
Suzana

ivana. disse...

Amiga, muita força pra ti, tenho certeza que tu vais conseguir !!!!

Crazy Girl disse...

te entendo perfeitamente, e olha eu fiz reduçao de estomago e posso te dizer, a cirurgia é apenas uma ferramenta e se vc continuar com os velhos habitos nada vai mudar, apenas o seu estomago que ficará menor... mas a cirurgia é apenas um empurrao para uma mudanca no estilo de vida, eu fiz minha cirurgia em jun de 2011 e até hoje eu nao consegui emagrecer tudo o que precisava pois eu nao mudei minha cabeca, continuo pensando como gorda e comendo como tal. por isso continuo na luta contra a balanca e contra os chocolates (que é meu calcanhar de aquiles). Espero que vc consiga seus objetivos e te dou a maior forca para procurar a cirurgia. vamos juntas nessa caminhada! Se quiser, passa no meu blog... tudo-eh-relativo.blogspot.com