sábado, fevereiro 16

Enquanto issso, na sala de justiça....


Tentei ir numa vez há anos atrás ir numa consulta falar com um psicologo... Detestei. Desisti da idéia.

Mas vamos lá, ando triste desde novembro (!!!!), deixando tudo de lado.  Nem loira eu sou mais (!!!), apesar de olhar no espelho e detestar a imagem que aparece lá...
Enfim, consegui aprovação do convênio e fui numa consulta.

Durante alguns dias, pensei no que abordaria. Partiria minha conversa de onde?
E cheguei na consulta sem ter idéia do que dizer.... Como diz a música " mas quem ri de tudo é desespero" eu sentei na cadeira, falei meu nome e, com altas risadas contei o inicio de minha vida, até os dias de hoje. Claro que, resumindo tudo. Afinal a consulta dura apenas uma hora.

Quando faltava dez minutos para finalizar. Eu olhei para ela e perguntei qual o diagnóstico. Se ainda tenho cura, jeito ou só nascendo novamente.

Parece que essas brincadeirinhas que faço são só para esconder o que esta me acontecendo (oi, vc jura?).
Muito foi dito, mas não se pode fazer uma avaliação com apenas uma consulta. 
E por isso, eu gostei da profissional. Pq em momento algum ela disse: Olha, é claro que vc ta com depressão. 
Porque aqui entre nós, eu já até sei disso. Mas, a satisfação de ver um profissional realmente lhe estudando e procurando uma maneira de lhe ajudar, me deixou confiante....

2 comentários:

Bruna disse...

Eu fui pela segunda vez recentemente e não gostei. Eu até queria continuar com a terapia, talvez procure outra profissional.

Lu disse...

Luuuuuuuuu, tô aqui tá, se precisar papear, tamo no mesmo barco fia, tô nem lá nem cá, o bebê é que me estimula a acordar e levar tudo adiante, eu não dei certo com psicologo, não curto muito falar de mim, do que estou sentindo, tenho muuuuita dificuldade, mas se você se adaptou e gostou demoro!
Tu escreve tão bem Lu rs adoro!
Bjs e sds!
Lu e Thuthu