sábado, maio 4

Senta que lá vem a história...

Este será um longo post.
Sei que lançarei vários dados que ao final serão conectados. Quero me explicar aqui, como cheguei nessa decisão.


Quando voltei das minhas férias, tinha realizado o segundo maior sonho da minha vida. O primeiro sempre foi emagrecer.
E voltei e entrei em crise existencial. Neste momento, resolvi que mudaria tudo.

Há  cerca de dois anos atrás, a empresa que trabalho foi vendida para um site de busca. Ao final do ano passado, a nova direção anunciou que venderia toda parte da produção da empresa. Toda área da manufatura seria vendida para uma empresa X,  e que a partir de uma data ainda não definida, todos os funcionários seriam desligados da empresa A e passariam a ser da empresa X.

Eu trabalho no RH  e ainda não sabia se teria a oportunidade em alguma empresa. Pq analisa:
-Não seria viavel para empresa A  ficar com todo quadro de RH para cuidar de 300 funcionários.
-A empresa X, ficaria com os funcionários do RH? Eles teriam a equipe deles? Seria desligada?

Então em dezembro eu renunciei a escolha de mudar tudo. Decidi esperar. Fiquei mais chateada. Mas precisava trabalhar. Preciso trabalhar.

Eis que o tempo passou rápido como ele sempre passa. A transição, como todos acompanham aqui aconteceu no dia 15 de abril. Do dia 11 de abril até ontem eu já fiz 60HE. Então imagina como tem sido minha vida.
Mas, me joguei nesse processo.

Ainda estamos longe de ter finalizado todo processo. Ainda falta  muito trabalho. Esse mês de maio ainda será pesado. Mas ao menos eu já sei que fui passada para empresa X. Entro em reuniões com gerencia e garanti minha vaga.

E voltei a pensar na minha mudança.


Desde novembro eu percebi que não consigo emagrecer sozinha.  Tenho 31 anos. Estou obesa há 11 anos.
Eu não consigo emagrecer sozinha. Ou com apoio de médicos. Neste momento eu decidi fazer a redução de estomago.
Só que, quando tudo mudou na empresa eu fiquei com medo de fazer durante o período de transição e acabar sendo desligada das duas empresas. Então decidi, que não era o momento de fazer a cirurgia. 
Então em dezembro eu decidi que: se até a metade de 2013 eu não emagrecesse 10 kg, eu faria  a redução.

Essa semana, depois de toda essa correria eu subi na balança. Claro que não fiz nada de bom no ultimo mês a não ser comer salgadinhos, pizzas e lanches enquanto trabalho e me entupir de energético e refrigerantes. Eu engordei 5 kgs. 
 Decidi fazer a cirurgia. Marquei o médico para retomar o assunto.
Não porque será milagroso. Não acredito nisso. Mas porque eu não consigo sozinha.

Então, eu peço desculpas para quem acredita que não seja o caminho certo.  Mas, esse deverá ser meu novo caminho.

Então é isso. Vocês são os primeiros a saber da minha decisão.


PS.  Eu tenho medo da redução. Estou começando a buscar informações esta semana de procedimentos e tals. Mas, sempre tem algum para contar alguma história muito ruim. 
E eis, que hoje, uma sra que nunca vi na minha vida me disse: Vc quer fazer uma cirurgia mas esta com medo. Vai dar tudo certo. Se vc fizer essa cirurgia, fará algumas outras em seguida. Não se preocupe, não é nada de saúde. Vc terá sucesso nas cirurgias. Irá sobreviver.
Não é sinistro???



11 comentários:

Ana Banana disse...

Chega um momento em que a cirurgia é a única saída. Estamos juntas nessa.Boa sorte, querida.

Anônimo disse...

Ola,
Nao existe um " caminho certo",existe o seu caminho,o que importa é chegar ao seu objetivo. Eu nao sou contra a cirurgia,sou contra a pessoa tentar dieta por 1 mes,desistir e querer operar,ou ir alem,engordar uns 10,20 quilos pra poder operar.Quanto ao medo,o que e normal pra quem nunca fez cirirgia,podemos precisar de uma cirurgia em qualquer momento de nossa vida,porque nao para saude e bem estar? O importante e se cuidar antes e depois.

Boa sorte e sucesso.
Anna Lara

Bruna disse...

Te indico o blog da Ana, ela fez há pouco e conta como foram os dias iniciais: anadiarynurse.blogspot.com

Espero que tudo dê certo.

Lualis Alves da Rosa disse...

Guria, você não tem que pedir desculpas por nada, você tem que fazer suas escolhas baseadas naquilo que você acredita ser melhor pra você... O medo faz parte, sempre que a gente vai enfrentar uma grande mudança, só não podemos nos deixar paralizar por ele. Pode contar com meu apoio. Bjos

RAQUEL FREITAS disse...

é uma decisão em tanto!eu sempre quis fazer ja que sozinha realmente é muito difícil,mas não tenho condições financeiras.tenho 2 amigas que fizeram,estão bem,e super felizes,uma até se tornou mãe depois que perdeu peso.se cuida e seja qual for sua decisão to na torcida \o/
beijo!!!!

Reaprendendo a Sonhar :))) disse...

Eu fiz redução e não me arrependo renasci pra vida e sai de um corpo que nao me pertencia era prosioneira minha vida melhorou consideravelmente é claro que os problemas nao desapareceram mais magra é mais facil de lidar. boa sorteeee

Adriana Olyntho disse...

Entendo vc perfeitamente!
Nao sou obesa, mas estou ha cerca de 2 anos com sobre peso e estou correndo atras para perder 8 kgs e não estou conseguindo e não eh por falta de disciplina não. Faco a dieta direitinho e me exercito duro, mas o ponteiro da balança só baixa 3 kgs e nada mais. Eh muito frustante. Se eu pudesse fazer uma cirurgia pra perder esses sobre peso eu o faria. Uma amiga fez a redução ha menos de 1 mes e sta linda e radiante, perdendo peso a cada dia. Vai la contudo, e depois nos conte tudo. Bjos boa sorte.

Ana Paula Mello Vianna disse...

Oi flor, tudo bem?
Eu acho que cada um sabe do que realmente precisa, se vc acha que só a cirurgia vai te ajudar, acho que deve correr atras desse sonho. Mas pense, mesmo fazendo a cirurgia, vc precisa mudar seus hábitos, vai precisar disso. Mas estou torcendo por vc, vai conseguir, precisa de pensamento positivo. O pensamento e as palavras tem força, pense nisso.

Beijinhos e sucesso. eSTAREI TORCENDO POR VC.

Ludimilla disse...

Oi querida, tudo bem?

Eu fiz cirurgia faz dois meses e pouco. Tive algumas complicações, fui reoperada, senti muita dor. Se valeu a pena? Muito! Está valendo muito!

Pensa, reflita e veja o que é melhor para vc. Qualquer coisa estamos aqui, é só gritar!

Beijos!

Ju disse...

Não vou dizer que fiquei feliz com sua decisão. Mas quem sou eu pra ficar feliz ou triste com a SUA decisão, não é?!

É que parece que perdemos mais um soldado, toda vez que alguém resolver operar... sei lá. A esperança cai um pouco mais. Mas tudo bem... acho que cada um deve fazer o que te traz felicidade. O importante é cada um seguir o caminho que deseja.

E estarei torcendo por você, pra tudo correr bem... de verdade!!!!

Beijinhos, boa sorte e ótima semana!!!

­Laísa Ribeiro disse...

Se você acha que é a melhor opção faça! se você vai se sentir bem, faça! Conheço 3 pessoas que fizeram a redução e estão super bem.... e inclusive minha amiga vai fazer agora dia 15 a dela... e Deus está na frente de tudo.. fique tranquila quanto ao pensamento negativo das pessoas... Deus tá com você e ele toma a frente de tudo! :)