sexta-feira, setembro 13

Dúvidas





Farei a redução de estomago.
Não farei a redução de estomago.
Sim, não. Quem sabe um talvez??

Quando decidi fazer a cirurgia, queria fazer logo e resolver todo esse problema.
Ai, que quando vc vai até a consulta, parece que leva um tiro na cabeça. Ou melhor: uma surra.

Me sinto como tivesse de ressaca.  Eu já fiz cirurgias e nunca tive medo de morrer. Claro, tive medo da recuperação e uma cirurgia. Mas nunca tive medo de me acabar neste processo.
Mas na redução, eu sinto esse medo.

Ontem, almoçando com uma amiga, eu aproveito para comentar tudo que esta acontecendo, os exames, como estou me sentindo e pergunto de uma conhecida, que fez a cirurgia há uns dias atrás. Minha amiga, me deu o maior sorriso amarelo e falou que essa conhecida não aguentou a cirurgia. 

Sabe uma bomba?
Neste momento, parece que um medo cru apareceu força total.

Eu tenho um retorno dia 26. Mas eu não sei.

Caos define.

9 comentários:

Esperança B. disse...

Amiga, vc tem q pensar que a cirurgia nao é a solucao da obesidade, pois vc terá que reeducar, da mesma forma, sua cabeça, seu corpo. A única coisa que difere é que vc vai cortar ou amarrar um pedaço do seu estomago (é justo isso?) e aí vc vai se ver obrigada e comer menos, pq sabe se tomar um copo de agua vai ter hemorragia e morrer. Sabe, eu ja quis fazer, minha mae nao deixou agradeço a ela hj. QUem mudaria minha mente? A maioria que faz, qndo nao morre ou tem complicacoes, engorda de novo. Se vc esta em duvida é pq ja sabe da resposta, nao deve ir. Algo quando é bom pra nos, nao da duvidas, nenhuma, peça orientacao pra Deus... beijo

ALESSANDRA disse...

Nao fique com medo.... Deus sabe o que faz.... quando chegar sua hora vai ser na mesa de cirurgia ou ate mesmo dentro de casa!!!! Reze e peça força. Bjos

Márcia disse...

Eu não faria uma redução de estômago, não pq tenha medo mas sim pq acho q meu problema está na cabeça. Eu conheço várias pessoas q fizeram e todas sobreviveram, embora algumas estejam acima do peso novamente... Isso depende muito de cada um, não é um decisão fácil, mas é uma opção. Que Deus te ilumine na escolha. Bjks

Ju disse...

Eu também já pensei em fazer redução... mas eu tenho medo. Além do medo, eu acho que time que tá ganhando não se mexe. E é claro que o time não está ganhaaaaaando, né? Mas pelo menos a saúde está intacta, entende?

Mas ó, tenho duas irmãs e uma prima que fizeram. Eu cuidei das minhas irmãs no pós operatório... correu tudo bem com as três. Se quiser tirar alguma dúvida, pode falar viu?!

E no mais... a decisão é só sua, não tem jeito! :-/

Fica bem!

Beijinhos

Fernanda disse...

Confesso que me arrependo de não ter feito qdo era "público-alvo".. apesar que não estou longe disso.. rss.. Pense bem... e reflita.. é uma decisão só sua.. mas só ponderando os prós que escuto é maior do que os contra..

Estou torcendo que vc fique bem com qq decisão.. Bjos

Torradas com Ricotas disse...

Olá...

Confesso a você que também tenho medo disso, mas acredito que todo mundo tem a sua hora e momento certo de ir, viajo muito a trabalho e confesso que toda viaje tenho medo que o ônibus vire, que o carro bata ou que o avião caia, assim como tenho medo pelo excesso de peso de morrer de uma para outra de uma parada cardíaca ou sei lá o que, mais eu lembra que não depende mim de mim e de outro ser superior.Medo é um sentimento normal e a cirurgia apesar de ser simples e muito complexa e invasiva e como qualquer outro procedimento tem seus riscos. Eu (falo mim tá) acho que temos sempre que pensar em coisas positivas e fazer tudo certinho para evitar ao máximo atrair as coisas negativas e dá chance pro azar. RS De qualquer forma força, tudo tem seu tempo até mesmo o tempo de ir fazer a cirurgia.

Beijos

izabvieira disse...

Eu acabei de passar por essa duvida toda. Passei meses para me decidir. No final, decidi por fazer. E olha que eu era contra. Devo operar dentro de um ou dois meses.
Sobre risco de morte, fazendo com uma equipe boa o risco é muito pequeno. Quem tem complicações geralmente fez alguma coisa errada, como comer o que não devia antes dos pontos cicatrizarem.
E as pessoas só contam as histórias ruins. Só o meu médico opera 60 pessoas por mês. É muita gente. Porque a gente não conhece tanta gente assim que operou? Pq quando vc conhece um rapaz gatinho ou uma moça bonita ela não vai sair falando "Prazer em te conhecer, meu nome é fulana, eu fiz redução de estômago". Mas quando é pra reclamar sempre tem uma amiga da tia da cunhada...
Eu fiz um blog justamente pra conhecer as pessoas e trocar essas duvidas e soluções. Me ajudou muito a decidir ver uma amiga minha da mesma idade e peso operar e ficar super bem.
https://gordinhamimada.wordpress.com/

Anônimo disse...

A decisão deve partir somente de você.
Quando me decidi que iria fazer a cirurgia, fiz algo que pode parecer bobo, mas que funcionou muito. Não sai espalhando pra todos sobre a cirurgia. Eu tinha certeza que as opiniões contrárias poderiam interferir na minha escolha; E verdade, as poucas pessoas que souberam tentaram me desanimar. Só meu marido permaneceu firme no objetivo comigo.
Tive muito medo sim! Achei que fosse morrer sim! Achei que ia ser muito difícil sim!
Mas passei por tudo isso e hoje me vejo com 52 kg a menos. Cheia de vida e saúde.
Ainda tenho algumas restrições sim!
Mas o estômago se adapta e não passei esse tempo todo comendo só 100g de comida ou 100 ml de liquido.
Com certeza tem que haver mudança de mente.
Algumas pessoas ganham peso depois se não mudar a forma de encarar a comida.
Pense direito, a decisão só poderá partir de você!
E se optar por isso, muito boa sorte! E que Deus te abençoe!

Jéssica Cerqueira disse...

Flor, meus pais (os dois) fizeram bariatrica, meu coroa tinha 140kg e com a cirurgia foi pra 80 e agora estabilizou em 90kg, já minha mãe tinha 120kg e hoje tá GATAAA mais magra do que eu inclusive ela tá com 79kg. Eu estava com 93kg e agora tô com 79kg com reeducação alimentar e atividade fisica, pense bastante antes da cirurgia, é uma mudança de vida ENORME! Apesar de meu pai ter sido super bem sucedido minha mãe teve algumas dificuldades. Pense que a cirurgia muda seu corpo mas não sua mente!
Espero que te faça feliz realmente, entre de cabeça e espero de coração que dê tudo certo. beijão!