domingo, setembro 29

E chora sem parar...



Uma vez, quando adolescente, estava lendo um livro da Nora Roberts na escola. Lembro que foi minha personagem favorita até aquele momento. E me lembro como fiquei chocada quando ela foi diagnosticada com  CANCÊR. Chorava copiosamente quando me perguntaram o que estava acontecendo, até que expliquei  em soluços que ela tinha morrido.
Ela quem?? Todos  perguntaram assustados.
E eu, mostrei o livro.

Eu sou muito chorona.  Muito. Se alguém começa a contar história triste ao meu lado, eu já saio andando. Pra não ter que ouvir. Choro até em comercial de margarina.

Assim, comprei o livro Como eu era antes de você e o deixei de lado, pq todos falavam que o livro era triste. Pq eu comprei? Pq minha sobrinha queria lê-lo.

E assim, quando cheguei em casa, encontrei minha sobrinha com ele na mão com o rosto inchado me dizendo que tinha de lê-lo logo. E eu fugi do livro por meses até o dia de hoje.

Meses depois, com muita coisa para fazer, mas uma preguiça, afinal está um dia chuvoso lá fora, e ninguém para me dar vida no Candy Crush, peguei o livro e iniciei minha leitura.



Triste? Imagine que, nas ultimas 20 páginas eu tive de parar de ler pois não enxergava através de tantas lágrimas... E, lá pelo final eu me encontrei em altos soluços abraçando a mim mesma, tentando me tranquilizar que tudo acabaria bem.

E, chorando como criança, terminei a leitura.... e digo que, assim como aquele livro que li há mais de quinze anos atrás, este tb  marcou minha vida. 
Mesmo que o final tenha me despedaçado, entendi  várias lições que encontrei no livro, uma me chamou muito a atenção:

" Durante algum tempo, você vai se sentir pouco à vontade em seu novo mundo. É sempre estranho ser arrancada de sua zona de conforto. Mas espero que fique animada também...."

E isso me fez pensar. Quando quero mudar, qdo estou engajada na minha mudança, me sinto cansada 80% do tempo. Sabe pq? Pq esse novo mundo, não me é natural. não me sinto a vontade nele. A minha zona de conforto é trabalhar até tarde, comer tudo que vejo pela frente e me esconder no meu quarto.
E toda essa mudança que estou fazendo na minha vida, está me tirando totalmente da minha zona de conforto. E, isso... isso tem sido uma mudança geral na minha vida...E preciso ter animo para continuar em frente. Senão será mais uma tentativa fracassada...


PS. mandei msg pra minha sobrinha contando que não conseguia parar de chorar, e ela já quer que eu leia A culpa é das estrelas. Ah tá... quem sabe lá pro ano que vem...





Pra quem se interessou, segue sinopse do livro:
Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

4 comentários:

Projeto Corpo Violão disse...

Oiiii

Eu já chorei lendo livro...agora já faz alguns anos que não acontece!!!

Sabe...fiquei muito pensativa como vc se sente cansada 80% do tempo...hoje estava me perguntando porque me sentia tão cansada e com sonolência????
Acho que lendo seu post já descobri...hehehe
Concordo com vc...a gente saiu da zona de conforto...eu tb só trabalhava e pensava em trabalho (doideira)....
Toda essa mudança mexe muito comigo, porque não é só os hábitos alimentares....é tudo, mas tudo mesmooooo.

Obrigada por ter me ajudado a perceber o porque estou me sentindo tão Cansada!!!!
Mil bjs
Grazi

Ju disse...

Eu já tô querendo ler a culpa é das estrelas há um tempão, mas sempre acabo comprando outro. Hoje mesmo, vi um post falando sobre os livros desse autor e me animei mais ainda, chego aqui, vc tb comenta... acho que é um sinal! :)

E sobre esse que você indicou, também fiquei com vontade de ler. Eu sou chorona, mas eu gosto de chorar (estranho isso, né?), acho que dá uma "limpada" na alma... hehehe

Se quiser ver o post que te falei, é esse aqui: http://www.just-carol.com/2013/09/a-culpa-e-do-john-green.html

Beijinhos!

Ah, sobre o cansaço... tb sinto! E acho que é mais emocional, que acaba parecendo físico. Sei lá... só sei que eu tb vivo cansada!

Andrea - CPS disse...

Realmente, a Culpa é das Estrelas vai te fazer chorar, mas é tão lindo, tão puro, tão real que compensa todo o resto.

Maysa disse...

Já li este livro e tb chorei, mto, mto mesmo, na época estava com meu cachorro doente (eu amava mto ele como um filho) e ao ler este livro td culminou num chororô e num desalento qdo terminou. A culpa é das estrelas nem quis começar a ler.
Quanto ao emagrecimento acho q vc fez um paralelo bem legal, acho q é isso mesmo q acontece, ficamos numa zona de conforto q nosso corpo não quer sair e torna as coisas mais difíceis do q são.
bjs