terça-feira, dezembro 3

Gordinho fazendo gordice


Esses dias enquanto arrumava o quarto, comecei a assistir um seriado pela primeira vez: Super fun night. 
A personagem principal, chamada Kimmie  passa correndo pela sala do chefe pq alguém tinha levado cookie. 
Sério mesmo? Uma advogada, que acabou de ter uma promoção fica correndo igual uma criança de 5 anos só pra comer mais guloseimas?
 
É uma sátira ou será eu faço isso tão naturalmente que nem me dei conta?

E outra, eu que nunca fui de assistir novela, assisti três capítulos da novela das 21h que nem sei o nome na semana passada. 
Qual é a da Perséfone? 
Um amigo me explicou por cima a história da personagem e eu fiquei pensando. Como a atriz aceita passar por uma situação dessa. Além dela ser gordinha, sua filha também é.  
Quando estava assistindo uma situação que ela passava há vários sábados atrás, minha irmã ria sem parar de uma cena patética. Eu tive vergonha alheia. 
Primeiro pq jamais me deixaria passar pelo que a personagem estava passando,
segundo pq as pessoas assistem a novela e generalizam.

Aí que enquanto meu amigo me explicava da Perséfone ele me garantiu que era bom pq as pessoas viam o outro lado, como as pessoas acima do peso sofrem. Eu já vi tudo como uma maneira a mais de ser gongada. 

4 comentários:

Bruna disse...

Eu sinto vergonha alheia pela perséfone.

Bruxa do 203 disse...

Acho difícil as pessoas analisarem o outro lado e entenderem que quem é discriminado sofre, principalmente quando está na idade escolar.

Algumas séries até conseguem abordar de uma maneira séria, mas é raro.

gordinhamimada disse...

Eu também!
Não assisto novelas mas ouvi minha mãe falando e vi uns pedaços de alguns episódios e a impressão que eu tive foi exatamente essa. Uma forma diferente de ter preconceito.
Fui procurar saber depois de ler um texto ótimo sobre essa novela.

http://vacaciones.ratitomamita.com/2013/10/queridas-gordas.html

ivana. disse...

Preconceito é burrice ! Beijo.