quinta-feira, agosto 14

Não sei.


Ao final do ano passado, eu tive problemas na empresa. Entre minha iniciativa de sair, meu  novo chefe  diariamente tentando me desligar, eu pedi para direção me transferir de empresa/unidade.
Fui transferida alguns dias depois. 
Meus planos eram: trabalhar menos, ter uma vida mais saudável. Estudar inglês. Fazer um curso.  Viver sem a ansiedade que passei por meses.

E, eu trabalhei como nunca.
Num dia de sorte eu saia as 19:30.... Mas o normal era sair por volta das 21h.
Encontrei um amigo andando pela rua no horário de almoço e ele não  me reconheceu. Me mandou  msg depois preocupado, pq estava com uma cara exausta. Queria sair a noite para conversar melhor, mas eu não queria.. estava cansada demais para fazer isso. Estava cansada demais para tudo.

Eu estava exausta. Mas estava amando. Estava colocando tudo no lugar. Estava errando e fazendo, mas indo ao máximo. Com fé, que ao final, venceria aquela baderna que me deram para resolver.

Até que sai em férias... E pensei: Meuuu Deus.... o que estou fazendo?

No meu terceiro dia de férias, quando me ligaram pela segunda vez, eu peguei um papel e caneta para calcular como seria minha rescisão se eu pedisse demissão... Quase quatro anos de empresa. Valeria a pena pedir demissão? Ou perderia mais continuando naquele lugar?
Como uma tentativa de trabalhar menos, se tornou em trabalhar muito mais? Pra onde tinha ido meu controle emocional?

As férias terminaram, e  voltei mudada. Não seria pessoal. Não me estressaria tanto. Reduzi o máximo de horas extras.  Até devolvi as chaves do prédio  pq não tinha intenção nenhuma de fechar a empresa ao final do expediente.  Me contaram que meu departamento estava com muitos funcionários, sendo que meu salário era maior que a colega que sentava ao lado e trabalhava há 7 anos na empresa.... Aí fiquei feliz.

Aconteceu tanta coisa, que já escrevi e apaguei várias vezes aqui.. Mas basicamente  o cenário foi esse. Estava esperando virar o mês para poder ser desligada.
Quando ninguém apareceu no dia 1o. fiquei chateada.. rsss. Não estava forçando. Estava trabalhando e me preocupando com tudo. Apenas não visualizava meu futuro ali dentro. 

Quando minha carta de desligamento foi entregue,  não me agradeceram pelas horas que fiquei há mais lá dentro. Alias, falaram que "acho que não vou te pagar por essas horas restantes".  Pegaram um erro e mostraram para todo mundo. Ninguém viu todos os erros que eu peguei e consertei. O cliente que estava rompendo contrato e que acertei tudo e  atualmente era o mais rentável da unidade.  eu não tentei me explicar. Não mesmo. Eles queriam um motivo, eu queria uma saída. Pra que mostrar o contrário??

"Vou embora entendendo que partir, voltar, ficar, são estados de espíritos. Você pode estar em um lugar, mas já ter partido. Assim como pode já ter ido embora, mas ficar sempre ali."

Dai que fiquei tão traumatizada, que não sei o que quero fazer da vida. Oi meu nome é Luciana, tenho 32 anos e estou em crise existencial.

Me dei uma semana para não pensar nisso.  Dai fiquei dois dias de cama numa gripe que voltou com força total.  Mas hoje eu comecei a pensar. E agora??
Vai continuar no RH?
Vai mesmo embora fazer intercâmbio?
Vai abrir aquele negócio que vc quer?

E eu só sei dizer NÃO SEI para tudo.

Ainda estou pensando.... Pq eu realmente não sei... só sei que foi assim.


6 comentários:

Ana Paula Mello Vianna disse...

Luciana, você está passando exatamente pelo que passo. Estou com 39 anos e ainda não sei o que fazer da minha vida. Entro de f[érias agora e meu contrato vence no dia da minha volta, então, não sei se voltarei e na verdade não sei se quero continuar caso consigam renovar. Estou numa fase terrível, uma dúvida, querendo tb abrir meu prórpio negócio, mas o que fazer? Olha, não é fácil e por isso entendo você como ninguém. Pra variar, quero ser mãe, preciso, é a hora por causa da idade. Mas como ser mãe sem saber o que vai acontecer na minha vida?

Beijos querida e muita, muita sabedoria.

ivana. disse...

Penso que este momento seja de descanso e fortalecimento, tão-somente ... Nada de preocupações, menina ... Aproveita, descansa e depois retomas, mais forte e determinada ... Beijo.

Bruxa do 203 disse...

Nessas horas é melhor parar, respirar e pensar com calma. Intercâmbio seria bem interessante, uma ótima oportunidade de mudanças em todos os sentidos.

Anônimo disse...

Voce precisa e pode se dar um tempo,quando se esta em um turbilhao de emoções não é hora para se tomar decisoes. Meu conselho é : Quando náo sabemos o que fazer,façamos listas (ditado meu ha) lista do que quero fazer,lista do que preciso fazer,o que eu faria se soubesse que fosse morrer daqui ha um ano,5 anos,10 anos. Estabelecer prioridades,pois essas mesmas mudam,sonhos tambem,as vezes nao fazer nada é o certo a se fazer em determinada situação. Hoje em dia as opções são infinitas,acho que precisamos olhar mais pra dentro de nós,o que nós queremos para nós,e não o que a sociedade,familia,amigos e o resto espera de nós. Não há problema nenhum em não saber o que fazer,enquanto isso faça um rascunho,sonhe,esteja aberta a possibilidades,conheça historias inspiradoras que tenham a ver com a sua personalidade. As respostas sempre estarão dentro de nós mas o mundo nos ajuda a encontra-las.
Boa sorte.
Anna Lara

Caribel disse...

Eu estou numa situação praticamente igual... Há 4 anos no mesmo sitio, 30 anos, não sei bem o que quero... Mas acho k já sei o que não quero... Revi-me muito nesta publicação. Aderi ao teu blogue. Convido-te a passares lá no meu blog e a aderires, se gostares claro :P beijinho

SraRedonda Oblog disse...

Eu estava assim... sabe o que eu fiz... larguei minha área... voltei estudar o que eu amava... e tudo desapareceu ansiedades pra todo lado diminuiu muito... e parei de me cobrar tanto ;)
Claro que não estou aconselhando ninguém a fazer isso, apenas dividindo com voce o que me ajudou a viver de VERDADE

Asvezes precisamos colocar na ponta do lápis o que realmente é mais importante... no meu caso minha saúde fisica mestal e espiritual precisavam de ajuda!

Ufaaa rsrs um beijo fique com Deus♥